Florestas Verticais são uma solução para reduzir alguns dos efeitos negativos das cidades

Se você costuma ler jornais, revistas ou até mesmo assistir noticiários certamente já ouviu falar sobre diversos problemas relacionados a maneira desproporcional que nossas cidades se desenvolveram. Problemas como o Efeito de Ilhas de Calor e a quantidade absurda de poluição por CO² gerados pelos automóveis e construções nas cidades são pontos críticos que estão colaborando para o aumento da temperatura global e surgimento de doenças respiratórias.


"As cidades produzem 75% do CO² que está presente na nossa atmosfera. Os bosques de todo o mundo absorvem 40% desse gás. Se levarmos árvores e florestas às nossas cidades, estaremos a lutar contra o inimigo no terreno onde se produz o CO²", explica o arquiteto Stefano Boeri ao El Mundo.


Boeri é um dos mais respeitados e dedicados arquitetos quando o assunto é sustentabilidade. Ele ficou conhecido por integrar árvores e plantas nas fachadas de edifícios altos, e assim criar o que apelidou de "florestas verticais". Uma das suas criações mais conhecidas é o Bosco Verticale, um edifício de apartamentos de luxo em Milão, Itália.


Bosco Verticale |Stefano Boeri Architetti | Foto: https://www.modlar.com/photos/8957/bosco-verticale/

"Nestes edifícios, por cada ser humano existem duas árvores e 35 plantas", informa Boeri. Apesar dos benefícios ambientais, o arquiteto frisa que os custos de desenho, construção e manutenção de um projeto destes são muito elevados.

Nos últimos anos o comprometimento da construção civil no ramo da sustentabilidade vem crescendo e, com isso, o aumento dos prédios denominados de Florestas Verticias vem tomando espaço em meio a projetos conceituais e concursos de arquitetura ao redor do mundo.


Fonte: Visão

#sustentabilidade #ambiente #ambiental #plantas #projeto

(WhatsApp) +55 51 3563 3267   |   contato@bup.net.br

All rights reserved © 2021 by BuildingUP Sustainable Solutions Co.